quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

VOTAÇÃO DO PISO DOS AGENTES DE SAÚDE E DE COMBATE À ENDEMIAS SERÁ EM MARÇO



Na tarde desta quarta-feira (04) o líder do PSC na Câmara dos Deputados, André Moura (SE), esteve reunido na Liderança do partido com os representantes da Confederação Nacional dos Agentes de Saúde (CONACS) e Agentes de Combate às Endemias para informar que o presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB/RN) se comprometeu oficialmente, que no retorno dos trabalhos Legislativos de 2014, após o recesso parlamentar, em março irá pautar para votação em plenário o PL 7495/06, que fixa o Piso Salarial Nacional da categoria.

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Mendonça Prado faz críticas ao adiamento da votação do piso dos agentes comunitários

“Em qualquer pesquisa de opinião, verificamos que o Poder Legislativo está sempre situado numa posição vergonhosa, humilhante, em função da falta de confiança que a população brasileira tem em seus representantes, nesta Casa legislativa, e no Congresso Nacional”, disse o deputado Mendonça Prado (Democratas/SE) durante discurso na tarde de ontem (12) no plenário da Câmara Federal.

terça-feira, 12 de novembro de 2013

PISO SALARIAL DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E DE COMBATE A ENDEMIAS NÃO SERÁ MAIS VOTADO HOJE.

O governo e os líderes da base aliada ainda não fecharam um acordo para viabilizar a votação do projeto de lei do PISO SALARIAL DOS AGENTES COMUNITÁRIOS DE SAÚDE E DE COMBATE A ENDEMIAS e do marco civil da internet.
Fonte: Blog ACS Roberto

O governo está caçoando dos agentes comunitários de todo o Brasil

Mais uma vez o governo deixou claro que não respeita os Agentes Comunitários. Fizeram com que centenas de trabalhadores da categoria se deslocassem de seus estados natais para acompanhar a prometida votação do PL 7.495/06, que finalmente criaria um Piso Salarial Nacional, e caçoaram de todos eles.

Agentes de Saúde e de Endemias de Campo do Brito aderem à paralisação nacional

Na manhã desta terça-feira (12), Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias do município de Campo do Brito, com cartazes e de realizaram uma manifestação nas principais ruas do município, como parte do manifesto nacional das categorias.

Itabaiana: Agentes de Saúde e de Endemias aderem à paralisação nacional


Na manhã desta terça-feira (12), Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias realizaram uma manifestação na Praça Fausto Cardoso em Itabaiana, como parte do manifesto nacional das categorias.

quinta-feira, 31 de outubro de 2013

O Dia D: 12 de novembro - Paralisação Nacional dos Agentes de Saúde

Manifestações dos Agentes de Saúde será em todo o país..

MNAS - Mobilização Nacional dos Agentes de Saúde, em face dos últimos acontecimentos ocorridos em Brasília, diante das articulações políticas contra o PL 7495/06 (Projeto de Lei do Piso Salarial Nacional dos Agentes de Saúde), convoca todos os Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias para uma paralisação e manifestações em todo o Brasil.

Prefeito de Campo do Brito assume compromisso e pagará os R$ 950 aos ACS conforme portaria 260/2013 do Ministério da Saúde

Os Agentes Comunitários de Saúde do município de Campo do Brito, aproveitaram na manhã desta quinta-feira, 31, após o lançamento oficial do Projeto 'Nascer Bem' idealizado pela Secretaria Municipal de Saúde, para se reunir com o prefeito municipal, Léo Rocha, e falar sobre o repasse da portaria nº 260/2013 do Ministério da Saúde.

quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Partidos adiam votação de piso para agentes de saúde na Câmara

Do G1, em Brasília
Após obstrução de partidos da base aliada, principalmente PT e PMDB, e ameaças de veto pelo governo, a Câmara adiou nesta quarta-feira (23) a votação do projeto de lei que estabelece  salarial para agentes comunitários de saúde. Os deputados conseguiram, contudo, aprovar regime de urgência, para que o texto não precise passar por comissões.

Projeto propõe o fim da exigência de que o agente comunitário de saúde resida na área da comunidade em que atuar

O fim da exigência de que o agente comunitário de saúde resida na área da comunidade em que atuar é uma das mudanças determinadas pelo PLS 352/2012, do senador Sérgio de Souza (PMDB-PR). Pelo projeto, será exigido apenas que o profissional more no município de sua atuação.